Empreendedorismo

5 práticas essenciais para garantir a sustentabilidade do negócio

Escrito por F360°

A sustentabilidade do negócio é um assunto cada vez mais discutido por empreendedores de diferentes ramos. A tendência, que segue inabalável ao longo dos últimos anos, tem aberto caminhos para conceitos abrangentes que propõem uma reavaliação dos empreendimentos, alavancando bons resultados. E você, sabe por onde começar?

Como qualquer outra iniciativa estratégica para o mundo dos negócios, o investimento com esse foco exige muito mais do que boas intenções. Se você visualiza a importância desse assunto, mas tem dúvidas sobre como proceder, continue lendo este artigo.

Alcançar a sustentabilidade do negócio é um objetivo possível. Está na hora de fazer isso se tornar realidade. Garanta estabilidade no mercado e sustentabilidade financeira com 5 práticas infalíveis.

O que é a sustentabilidade do negócio?

Como você já deve ter ouvido falar, a sustentabilidade é um termo normalmente atrelado aos aspectos ambientais, um dos pilares mais famosos dessa cadeia tão conceitual quanto prática. 

Apesar disso, o termo não só pode como deve ser aplicado à gestão financeira de uma organização. Trata-se do uso inteligente dos recursos com gastos feitos na medida certa e uma boa cultura contra despesas desnecessárias e a favor da criação de uma reserva para emergências.

No cenário das corporações, assim como na vida pessoal, o ideal é que se alcance uma realidade de equilíbrio e conforto, capaz de garantir a possibilidade de suportar projetos de longo prazo. Consequentemente, a empresa acaba cumprindo com sua missão social e todos os lados saem ganhando. Isso significa que a sua imagem será fortalecida como uma instituição que pensa de forma sustentável e age a respeito do assunto.

Vale dizer que está enganado quem acha que as ações sustentáveis estão longe demais de empresas com pouco orçamento ou rotina exaustiva. Esse tipo de prática pode ser traduzida em atitudes bem simples, como bom ambiente de trabalho, liderança adequada, flexibilidade, clima organizacional favorável e outras situações que colaboram com a qualidade de vida no trabalho.

Para além disso, a mentalidade que impede a proliferação de desperdícios e a boa utilização dos recursos são ações altamente recomendáveis. Basta parar para refletir sobre a realidade da sua empresa e tentar levantar ideias para agir em prol desses fatores.

Se a sua empresa gasta muito papel, por exemplo, você pode implementar um sistema capaz de reduzir esses gastos, ou até mesmo descobrir a melhor maneira de reaproveitar os insumos.

Ainda neste artigo, vamos abordar outras práticas para que você possa atingir altos níveis de sustentabilidade do negócio. Mas antes disso, algo precisa ficar bem claro: o gestor que trata esse assunto de maneira periférica vai desfrutar, em um futuro próximo, da fragilidade do próprio empreendimento.

Essa resposta não passa de um feedback natural que provém de má administração, pois, quando uma crise vem, aquilo que não é essencial cai primeiro. Sendo assim, se a organização não percebe a necessidade do pensamento sustentável, essas ações serão cortadas.

Quais são os pilares da sustentabilidade?

Negócios

A face voltada para o mundo corporativo é um dos pilares desse termo. Nele, como abordamos anteriormente, preza-se pela durabilidade da empresa por meio de ações estratégicas. Para isso, as práticas de sustentabilidade devem estar alinhadas com o modo de pensar da empresa. Isso precisa se tornar parte do seu DNA. 

Neste painel, o grande desafio é traduzir as táticas em ações práticas que vão fazer com que a empresa se sustente nos próximos anos com prosperidade.

Natureza

A questão da natureza é um dos pilares mais abordados. Ele afirma a necessidade de se manter a harmonia entre os componentes para assegurar a integridade não só da natureza, mas também do planeta e da sociedade ao longo das gerações.

Dessa maneira, considerar a sustentabilidade como algo específico da gestão dos recursos naturais finitos é um verdadeiro equívoco. Ela se estende muito além.

Sociedade

Por fim, a terceira base da sustentabilidade é o envolvimento social e a capacidade de manter empatia pelo próximo, gerando oportunidades vitais para as comunidades humanas. Quando esse assunto é visto sob esse prisma dentro da empresa, os gestores conseguem alavancar o desenvolvimento, formando pessoas. Toda empresa que entende sua vocação para servir o mercado, acaba engajando a sociedade em uma cadeia infinita.

Quais as melhores práticas para alcançar a sustentabilidade do negócio?

1. Atuar conforme o ramo

Para atingir a sustentabilidade de forma inteligente, busque identificar exatamente aquilo que você deve fazer de acordo com o seu segmento de mercado.

Cada ramo tem suas próprias exigências e cuidados. Dependendo do setor, a legislação ambiental pode definir diretrizes específicas, como o descarte correto ou uso de licenças. Refletir sobre quais impactos ambientais o seu negócio pode causar não é suficiente. Esteja atento às legalidades da sua área.

2. Tornar os processos transparentes

Já que uma empresa sustentável está atenta com o impacto social causado por conta de suas atividades, é primordial que haja transparência na relação com o público e todos os stakeholders.

As pessoas se tornarão muito mais confiantes no seu negócio se souberem como acontecem as coisas. Como resultado, você terá clientes fidelizados e compreensivos.

3. Treinar as lideranças

Independentemente da ideologia que você adotar, lembre-se que ela precisa ser comprada pela liderança. Se sua empresa possui diferentes equipes, a mudança precisa ser uma consequência do trabalho conjunto. Portanto, use a tática de focar no líder.

Seus gestores precisam estar convencidos sobre a efetividade e valor das ações sustentáveis, assim como da importância do retorno trazido para a instituição.

4. Apostar na documentação eletrônica

Como já mencionamos brevemente, a impressão desnecessária é um dos piores problemas contra o uso consciente de recursos naturais nas empresas. Para reduzir o gasto de papel, busque um sistema de documentação eletrônica e você sairá ganhando.

Além de garantir a economia de espaço para arquivamento, você poderá contar com segurança, melhores buscas e, sim, legalidade jurídica.

5. Utilizar fontes de energia renováveis

Por último, mas não menos importante, cheque a possibilidade de utilizar fontes de energia renováveis. Essa iniciativa já é uma realidade em muitas empresas no mundo inteiro, garantindo retorno lucrativo e fortalecimento da marca diante do público.

A implementação dessas alternativas tem se tornado cada vez mais acessível para companhias de diversos tamanhos. Por isso, reflita sobre o seu negócio e tente descobrir quais são as medidas que poderão transformar seus processos e estabelecer um verdadeiro diferencial.

Gostou de saber mais sobre como garantir a sustentabilidade do negócio? Então adquira mais conhecimento conhecendo as ações sociais e sustentáveis realizadas por algumas franquias.

Sobre o autor

F360°

Somos uma startup com a missão de facilitar o gerenciamento financeiro de pequenos e médios varejistas. Para isso, desenvolvemos um sistema de gestão financeira que faz conciliação automática de cartões, conciliação bancária, gerenciamento de contas a pagar e contas a receber, fluxo de caixa e DRE. Criamos esse blog com o intuito de compartilhar nossas experiências e fazer desse espaço um lugar de muita troca de conhecimentos.

Share This