Finanças

Conheça as vantagens e desvantagens dos 7 meios de pagamento

Escrito por Finanças 360°

Você conhece os meios de pagamento existentes e sabe aproveitá-los no seu negócio? Existem diversas formas e isso pode beneficiar os empreendedores e os clientes. Um dos segredos dos negócios de sucesso é ser flexível e oferecer diversas formas de pagamento que atendam às necessidades dos compradores.

Um exemplo disso foi a história do João. Ele é dono de um varejo e, no início, ele teve dificuldades com questões burocráticas e só recebia pagamentos em dinheiro. Além de perder algumas chances de venda — pois algumas pessoas tinham receio de andar com dinheiro — o varejista tinha que se preocupar com o troco. No entanto, depois que começou a aceitar os cartões de débito e crédito, as vendas dispararam e o faturamento também.

Viu como é importante oferecer alternativas? Agora, vamos explicar quais são os 7 principais meios de pagamento disponíveis para o mercado de franquias, como funciona cada um, além das vantagens e desvantagens de cada opção. Vamos lá?

Quais são os meios de pagamento existentes?

Hoje em dia são tantas maneiras possíveis de disponibilizar opções de pagamento aos clientes que muitos gestores acabam se perdendo. Pensando nisso, apresentamos abaixo os modelos mais usados. Confira:

1. Dinheiro

Essa forma é prática para compras do cotidiano e que são baratas ao consumidor. Por causa das taxas cobradas nos cartões, o dinheiro também se torna vantajoso aos empreendedores.

Por outro lado, para compras de alto valor, e à vista, se torna desvantajoso ao comprador, porque não é seguro andar com muito dinheiro. Imagina você andando, por exemplo, com R$1.500 querendo comprar algo. Caso seja roubado, não terá como recuperar a quantia e terá um grande prejuízo financeiro.

Nesse caso, se não for disponibilizado outras formas de pagamento, o consumidor tem a opção de simplesmente preferir adquirir algo em outro lugar que ofereça as alternativas e a comodidade que ele deseja.

2. Boleto

É uma alternativa viável aos clientes que, por diversos motivos, não podem utilizar o cartão de crédito. O boleto pode ser entregue na casa das pessoas, por meio dos Correios, ou o cliente tem a opção de imprimi-lo na internet para quitar a despesa mais tarde.

Os boletos têm taxas fixas e são vantajosos para cobranças acima de R$100,00. Por outro lado, não é possível automatizar a quitação de boletos, ou seja, o consumidor precisa pagar a conta no seu banco ou nas casas lotéricas para que você possa receber pelo serviço prestado. Por isso, há maior chance de inadimplência do consumidor.

3. Cartão de débito

Nesse modelo de pagamento, o valor da compra é transferida da conta do cliente para a sua no ato. Se você tiver a máquina que aceita cartão, o consumidor conseguirá pagar um produto se estiver com saldo disponível. Como não é necessário andar com dinheiro, isso traz mais segurança e praticidade ao seu cliente.

4. Débito automático

Devido a sua praticidade é uma das formas de pagamento que você pode disponibilizar aos clientes da sua franquia ou empresa. Nessa modalidade, o comprador cadastra os seus dados no banco da preferência dele e paga, todos os meses e de maneira automática, o uso de um determinado produto.

Não há risco de inadimplência, porque o valor de um serviço é descontado na data de vencimento, na conta bancária do consumidor. Porém, existem restrições dos bancos em liberar cobranças em débito automático. Por isso, seria importante que a sua franquia ou empresa abrisse convênios nas principais instituições bancárias com o intuito de oferecer mais alternativas ao cliente.

5. Cartão de crédito

É cada vez mais comum as pessoas comprarem produtos na internet — e uma das vantagens do cartão de crédito é a facilidade de adquirir itens no ambiente virtual. Além disso, esse meio de pagamento proporciona o parcelamento da compra de vários produtos.

Foi assim que o Ricardo conseguiu comprar a TV que tanto queria para assistir aos jogos da Copa do Mundo. Por meio da internet, ele adquiriu um aparelho de 43 polegadas e dividiu em 10 vezes, pois o seu salário de 1.500 reais impossibilitava a compra do produto à vista. Resultado: ele pagou parcelas de R$160,00 e conseguiu realizar um dos seus desejos.

Outra vantagem do crédito é a segurança. Isso porque, se um indivíduo for roubado, ele conseguirá facilmente bloquear o cartão junto ao seu banco.

Por outro lado, alguns clientes podem não conseguir ou ter dificuldades na quitação da dívida por não se organizarem financeiramente. Esse fato acontece muito com as pessoas que compram itens a prazo com frequência.

6. Carnê

É um dos meios de pagamento que permite os parcelamentos de compra. Vale lembrar que o cliente ainda paga menos juros do que no cartão de crédito. Essa forma é bastante utilizada no interior, já que parte da população dessas cidades, principalmente as pequenas, ainda não utilizam os serviços bancários, incluindo os cartões de débito e crédito.

Por outro lado, o risco de inadimplência do consumidor é alto, porque o pagamento não é feito de maneira automática.

7. Cheque

Trata-se de mais uma alternativa disponível para o cliente parcelar as suas compras. Nessa opção, o cliente não precisa se preocupar com o crédito, pois existem os pré-datados. Essa opção ainda pode ser vantajosa aos comerciantes que não possuem as máquinas de cartão.

Porém, a cobrança não é automatizada e o risco da não quitação do compromisso é elevado. Além disso, o cheque, assim como o dinheiro em espécie, não pode ser uma forma de pagamento no caso de compras realizadas pela internet.

Existem muitos meios de quitar um compromisso e é fundamental disponibilizar alternativas ao seu cliente com a finalidade de garantir comodidade e segurança na compra de um produto ou serviço. Para saber quais são as formas ideais ao seu negócio é necessário conhecer as vantagens e desvantagens deles, e na sequência, fazer a escolha das opções que você vai disponibilizar.

Está claro quais são os pontos positivos e negativos dos meios de pagamento? Você tem alguma dúvida sobre o assunto? Deixe o seu comentário no post e participe do debate compartilhando as suas ideias de como pretende usá-los no seu negócio!

Sobre o autor

Finanças 360°

Somos uma startup com a missão de facilitar o gerenciamento financeiro de pequenos e médios varejistas. Para isso, desenvolvemos um sistema de gestão financeira que faz conciliação automática de cartões, conciliação bancária, gerenciamento de contas a pagar e contas a receber, fluxo de caixa e DRE. Criamos esse blog com o intuito de compartilhar nossas experiências e fazer desse espaço um lugar de muita troca de conhecimentos.

Share This